domingo, 6 de março de 2016

Acerto de Contas

Começo esse post reconhecendo minha dívida. Fazem mais de 7 meses que não escrevo nada e não dei a menor satisfação.... Depois de tanto tempo, é até difícil recomeçar. Nesses últimos meses, a falta de motivação para treinar e correr foi grande. E como já não morro de amores em escrever, fica quase impossível encontrar assunto para o blog.


Na realidade, não estou todo esse tempo sem correr, Em novembro, participei de uma prova que há muito tempo me programo, Golden Four - Etapa Brasilia. Já relatei o quanto gostei de correr o circuito Golden Four, a melhor meia maratona no Brasil. Brasilia teria um apelo adicional por ser a Capital Federal, poder retornar ao planalto central e estar com pessoas queridas.

Família Assumpção - recepção de rei
A viagem foi bem rápida, fui no sábado de manha e retornei no domingo a tarde, mas o suficiente para correr em novos ares e passar horas divertidas com a família Assumpção, sendo tratado como rei. Como diria meu primo colorado Zé Carlos, padrão FIFA.

O circuito Golden Four se destaca pela organização e qualidade do kit. Esse ano me chamou a atenção um stand para doação de tênis. Fiz questão de doar um Gel Kayano 19. Espero que ele possa ser útil como foi para mim.

Nanda,  fiel escudeira
A largada foi as 7 da manha com bastante sol, clima bem seco e numa altitude acima de 1000 metros. Comecei bem a prova, tentando acompanhar o ritmo forte da prova. A primeira metade da prova foi só alegria, quase acreditei que iria terminar com um ótimo tempo.

Ao começar a segunda parte da prova, subindo o Eixão, ficou claro que eu não estava preparado adequadamente. Terminei a prova cansado, com dores.....quase me arrastando. O tempo total foi de 1h 54min 25seg. Na minha ultima meia maratona (Corrida em Familia), eu não havia tido tempo para treinar em função de lesão...dessa vez, foi pura preguiça.....Fiquei decepcionado, mas com uma lição aprendida. Não tem como correr uma prova de 21km sem uma preparação adequada.

Já que estou falando dívidas, não posso deixar de agradecer a recepção que tive em Brasilia. Nanda foi incansável, era minha fiel escudeira. Me buscou no aeroporto, enfrentamos uma fila enorme para buscar o kit da prova e ainda se preocupou com  a água de coco. O senador Assumpção, sempre divertido, tornou o final de semana mais leve.

Senador é garantia de boas risadas
O ponto alto da minha estadia, foi a presença da Tia Glauce, a matriarca da família. Passei diversas horas colocando nosso papo em dia, apreciando suas belas pinturas, trocando ideias sobre jogo de tênis do Federer, se orgulhando dos netos, se divertindo com as peripécias do bisneto e desfrutando da sua carne assada maravilhosa.

Néctar dos Deuses
Sem dúvida, essa corrida em Brasilia foi especial, Saudade do final de semana de 8 de novembro....



Obrigado Tia Glauce,

2 comentários:

  1. Saudações Poéticas

    Após longo recesso
    parecia tempo infindo
    parabéns pelo regresso
    Seja bem-vindo.

    ResponderExcluir
  2. Aí Pedro, eu também fiquei devendo um comentário. Hoje é que, com calma li sua postagem sobre a meia de Brasília.
    Melhor por seus comentários sobre Glauce e Joca.
    Nestes momentos difíceis que a família vive, corre corre em hospital e tudo o mais, suas palavras leves e gentis servem de alívio.
    Bom retorno e não fique tanto tempo sem escrever.

    ResponderExcluir